OLHO SECO

 Patologia na qual a produção de lágrima está diminuída ou a lágrima produzida é incapaz de lubrificar corretamente os olhos.

  • Sintomas mais comuns são: ardência, irritação, olhos vermelhos, turvação visual, sensação de areia nos olhos e desconforto visual.
  • Fatores de risco: mulheres acima de 40 anos, uso de anticoncepcionais orais, uso de lentes de contato, blefarite, alterações palpebrais, uso de medicamentos e após cirurgia refrativa.
  • Tratamento: colírios de lágrima artificial geralmente são a primeira escolha utilizada. Modificar a dieta com aumento da ingesta de “gordura boa” como o omega 3 e o uso de umidificadores de ar podem ajudar.  Outras abordagens podem ser necessárias, como o fechamento dos dutos lacrimais com plugs de silicone.

OLHO SECO  Patologia na qual a produção de lágrima está diminuída ou a lágrima produzida é incapaz de lubrificar corretamente os olhos. Sintomas mais comuns são: ardência, irritação, olhos vermelhos, turvação visual, sensação de areia nos olhos e desconforto visual. Fatores de risco: mulheres acima de 40 anos, uso de anticoncepcionais orais, uso de lentes […]

Tags: olho seco